Dia do Pedagogo: saiba mais sobre essa profissão tão nobre!

Sem dúvida, educar é uma das tarefas mais nobres e importantes que existem. É pensando nisso que, em 20 de maio, é celebrado o Dia do Pedagogo, ou seja, do profissional que se dedica à educação.

A pedagogia é a ciência que estuda os processos de ensino e aprendizagem. Totalmente centrada no ser humano, o ofício envolve didática, metodologia e psicologia.

Os profissionais dessa área desempenham uma função social, emocional e filosófica. Ao longo deste texto, usaremos a palavra “pedagogo” (assim, no masculino) para abranger a todos.

No entanto, sabemos que 80% do corpo docente das escolas é formado por mulheres. Isso também é algo digno de discussão, você não acha?

Sobre a formação em pedagogia e os campos de atuação

Por mais que muitas profissões entrem em desuso ou se transformem em outras, a pedagogia nunca deixará de ter espaço no mercado de trabalho.

O curso está entre as dez formações superiores mais procuradas do Brasil. Considerando-se apenas a modalidade de Ensino a Distância (EAD), está entre as três.

O número de pessoas que ingressam e concluem o curso também aumenta a cada ano. Para um país com tantos jovens como o Brasil, isso é ótimo.

Os pedagogos planejam, executam e coordenam projetos e serviços relacionados ao ensino, mas não apenas isso. Confira algumas funções que eles podem exercer.

  • Professor;
  • orientador;
  • diretor;
  • supervisor;
  • gestor escolar;
  • pesquisador;
  • assessor pedagógico;
  • pedagogo social;
  • consultor pedagógico.

Claro, os nomes desses cargos podem variar de um lugar para o outro. Também é comum que um mesmo profissional acumule algumas dessas funções.

Por exemplo, um pedagogo pode dar aulas para crianças até o 5º ano do ensino fundamental. No caso de ausência do professor do ensino médio, ele também está autorizado a substituí-lo.

Além da rotina das escolas

O Dia do Pedagogo também serve para dar visibilidade e valorizar aqueles que lutam pela democratização da aprendizagem.

De um modo geral, o foco é na primeira infância. Isso envolve a alfabetização, o desenvolvimento e os conhecimentos a serem ministrados para essa faixa etária.

No entanto, há também a preocupação com a Educação para Jovens e Adultos (EJA). Essa é uma modalidade de ensino que visa dar mais dignidade àqueles que tiveram de deixar os estudos quando mais novos.

Além disso, muitas empresas têm pedagogos em seu corpo de funcionários, onde atuam na gestão de pessoal e desenvolvem treinamentos. A chamada “pedagogia corporativa” visa a mudança de comportamento dos colaboradores.

Outra atuação importante é na educação de pessoas com necessidades especiais. Entre aqueles que precisam de cuidados diferenciados estão pessoas com dislexia, autismo, TDAH, deficientes auditivos e visuais.

Há ainda os que atuam na educação de crianças e jovens que estão internados em hospitais. Viu só a importância desses profissionais?

Os pedagogos e a necessidade constante de atualização

Frequentemente, os pedagogos desenvolvem livros e outros materiais de apoio didático, bem como pesquisas técnico-científicas na área.

Assim, é possível conhecer quais são as metodologias e estratégias que funcionam melhor para a aprendizagem. Isso é feito e refeito constantemente, sempre na busca de excelência na área.

É isso que possibilita lidar com os desafios que estão constantemente se impõem. Por exemplo, a incorporação da tecnologia ao dia a dia dos estudantes.

A pandemia causada pelo novo coronavírus acelerou essa necessidade. O ensino on-line foi uma mudança que pegou a todos de surpresa e continua passando por adaptações.

Outra discussão que vem ganhando corpo é a da necessidade de levar em consideração as questões raciais, religiosas e de gênero.

Dessa forma, “Zona de conforto” é algo que praticamente não existe entre os pedagogos. Assim como toda a sociedade, a categoria está em constante evolução.

Qual a importância dos pedagogos para a sociedade?

A boa educação leva a uma formação profissional de qualidade. Por isso, os pedagogos devem estar sempre atentos às exigências do mercado de trabalho. Como você sabe, isso é algo que está em constante mutação.

Dessa forma, a figura do pedagogo é fundamental para a constituição da nossa sociedade. Pense em como nas mãos dele está a formação de futuros médicos, advogados, engenheiros etc.

Afinal, a classe faz parte de um período de vida e desenvolvimento muito especial para as gerações presentes e do futuro.

Quando se pensa nos responsáveis por isso, é comum fazer uma associação (merecida) ao professor, que está diariamente em sala de aula.

No entanto, um ensino de qualidade exige que diversos colaboradores deem suporte à escola, aos professores e aos alunos. Até mesmo as pessoas menos lembradas do corpo docente fazem a diferença.

Como a pedagogia age na transformação humana?

A boa educação envolve os conceitos de direitos, deveres, responsabilidade e ética na formação de cidadãos. Por isso, a pedagogia toca a vida das pessoas, para que sejam agentes de mudança no meio onde vivem.

Isso exige que haja muita sensibilidade por parte desses profissionais. Portanto, é necessário que eles entendam a fundo as características e as dificuldades na vida das crianças e adolescentes com quem trabalham.

Na verdade, o aconselhamento feito pelos pedagogos é direcionado não apenas aos estudantes, mas a toda a comunidade escolar.

Com a convivência cada vez menor com a família, alguns valores essenciais acabam não sendo absorvidos pelos jovens. Inconscientemente, muitos pedagogos acabam aumentando sua responsabilidade para suprir essa falta.

Por isso, é preciso criar alternativas e debater sobre o que pode ser feito para que a família não sobrecarregue a escola e vice-versa. Também é importante delimitar até onde pode ir a influência de cada uma dessas instituições.

Dessa forma, as escolas e as famílias devem ter canais de comunicação, para que sempre estejam abertas e receptivas umas às outras. Claro, essa parceria deve ser sempre regrada pelo respeito.

No Dia do Pedagogo, vamos valorizar essa classe!

Os bons pedagogos devem ser, ao mesmo tempo, pacientes, criativos, empáticos e instigantes. Desafiador, não é mesmo?

Infelizmente, é comum que eles não sejam remunerados de acordo com sua importância. Mesmo assim, vemos alguns fazerem “milagres” com poucos recursos e em condições ruins de trabalho.

Por isso, o Dia do Pedagogo é também uma oportunidade para discussão sobre as políticas públicas relacionadas à educação.

Além dos desafios citados ao longo deste texto, a pedagogia precisa se manter atual, inovadora e relevante. Como você sabe, um bom plano pedagógico envolve o ensino de literatura.

Entre em contato conosco e, juntos, vamos escolher os livros literários mais adequados para o seu objetivo. E, antes de ir embora, parabéns a todos os pedagogos do Brasil!