Incentivar gosto pela música é possível com esses 5 livros infantis

Os melhores momentos e lembranças das nossas vidas têm trilhas sonoras marcantes, não é? Neste post, você verá alguns bons exemplos de livros capazes de incentivar nas crianças o gosto pela música.

Muitas dessas obras podem ser apreciadas não só pelas crianças, mas também por adolescentes, jovens e adultos. Elas têm o poder de encantar a todos, independentemente do gosto musical.

Os livros podem servir como ferramentas para vários objetivos com as crianças. Entre eles, apresentar universos ricos, apoiar um interesse, mostrar os nomes técnicos e até mesmo estimular a vontade de tocar um instrumento.

Em 1º de outubro, comemoramos o Dia Internacional da Música. Se você tem dúvida sobre qual é o melhor momento para começar a incentivar nas crianças o gosto pela música, saiba que ele não existe. Ou melhor, existe sim e é agora!

1. Música capaz de mudar o destino

Em A grande viagem de Rosita, acompanhamos a mudança na vida de uma porquinha. Um dia, ela ouve uma música de longe e conhece Fino, que vem dançando e tocando seu violino, com sininhos pendurados no tornozelo.

Rosita sente a música na pele e embarca em uma viagem emocionante com Fino! Ela canta, dança, joga o bumbum e o rabinho de molinha para cima e vira cambalhotas. “Para frente, para trás, para os lados, ooops!”

2. Som dos animais

“No piano a borboleta / no trompete o gavião / o macaco na corneta, o tucano no acordeão.” Você já imaginou uma cena dessas? Em A banda da floresta, os animais animam a grande festa, cada um com seu instrumento.

São bichos diversificados, que andam enfileirados e tocam instrumentos musicais variados. Uma boa pedida para quem quer um livro infantil divertido, que explore ritmo, sons e rimas, capaz de alegrar corações de qualquer idade.

3. Dá para incentivar o gosto pela música só com imagens?

Ô se dá! Em Você vai ver quando seu pai chegar, acompanhamos uma porquinha que adora música e sonha em ser flautista. A mãe tem medo da reação do pai… mas a vida tem suas reviravoltas, não é mesmo?

Certo dia, a mãe repara que pode tirar um som dos utensílios da cozinha. O pai chega e cai no batuque também. E a filha? Essa observa a cena e prepara uma surpresa para todos. As palavras e o som ficam por conta da sua imaginação!

4. Válvula de escape para os aborrecimentos do cotidiano

Menina tocando piano, com notas musicais ao fundo. O mundo de Mariana, página 11. Imagem ilustrativa texto incentivar o gosto pela música.

Em O mundo de Mariana, conhecemos uma menina que é sempre criticada e, para esquecer, usa o piano: “Toco com prazer, toco com raiva, toco com indignação.” Quando Mariana viaja nas notas musicais, atravessa o espaço.

Tudo para: o lava jato, o torno do mecânico, os gritos das crianças… A música sobe nas árvores e faz um anel na Lua. As lâmpadas se acendem e vêm para a partitura, subindo e descendo na pauta. Afinal, o mundo é de Mariana!

5. Barulhinhos que vivem nos versos das poesias

Os tankas são poesias com 31 sílabas, distribuídas em um terceto (estrofe de três versos) e um dístico (estrofe de dois versos). A música é algo que também oscila entre os mundos da matemática e dos sentimentos, você concorda?

Pois a fórmula fixa dos tankas e a espontaneidade contidas nos versos de Lágrimas de chuva resultam em uma mistura bastante musical. A própria autora define os tankas como pequenos, musicais e “cheios de barulhinhos”.

Para incentivar o gosto pela música, dança, literatura, teatro, quadrinhos…

Como você viu, ninguém pode falar que não existem livros capazes de incentivar nas crianças o gosto pela música. Para mais conteúdos como esse, visite o site da Lê diariamente. Aqui, valorizamos todas as formas de arte!