Orientador educacional faz mais do que você imagina. Acompanhe!

Ter apoio e segurança para tomar as melhores decisões é tudo de bom, não é? Por acaso, você sabia que as escolas de redes públicas precisam ter um orientador educacional? E amanhã, 4 de dezembro, é o dia dele!

A verdade é que são tantos os profissionais essenciais na formação dos nossos jovens e crianças que é difícil saber exatamente o papel de cada um. Podemos até nos esquecer de um ou outro, mas todos têm sua importância.

O orientador educacional dá assistência aos alunos para ajudá-los a encontrarem suas vocações, além de prepará-los para a vida profissional.

Então, quer dizer que todo o esforço é voltado para o aconselhamento aos estudantes do ensino médio, certo? Errado! A preocupação com a formação deve começar cedo.

Quais são as funções do orientador educacional?

A importância do orientador educacional cresce à medida que individualidade é valorizada. Ou seja, ele se preocupa com os estudantes enquanto indivíduos.

Atenção: não é o mesmo que orientador pedagógico, que cuida das dinâmicas de ensino e aprendizagem! Na verdade, cabe ao orientador educacional fazer com que o trabalho do orientador pedagógico esteja integrado ao dos professores.

Para orientar jovens e crianças, é necessário usar métodos da Psicologia e da Pedagogia. Aliás, é obrigatório ter formação superior nessa última área.

Talvez você não saiba, mas muitos deles atuam em agências de emprego, nos chamados Centros de Orientação Profissional. São muitas as possibilidades dentro da Pedagogia, não é mesmo?

Na escola, seu trabalho influencia o dia a dia de todos. A seguir, confira alguns desafios que cabem ao orientador educacional e talvez você não saiba.

Manter-se atualizado

A cada dia, é necessário rever “verdades absolutas” que se aprende e, consequentemente, se ensina. Com novos conhecimentos e formas de pensar, cabe ao orientador educacional se atualizar quanto às inovações no ensino.

Para isso, é necessário ter mente aberta, disposição e humildade para aprender (muitas vezes com os próprios estudantes). Se a escola não estiver em constante atualização, seus alunos estarão em desvantagem.

Observar a saúde mental

Para um bom aprendizado, é necessário levar em consideração a saúde mental dos estudantes. Como você deve saber, esse é um tema que tem ganhado importância a cada dia.

Casos específicos podem ser encaminhados às instâncias de psicologia, judiciais, de assistência social e de saúde. O objetivo é que os alunos se tornem cidadãos críticos e participativos na sociedade.

Intermediar conflitos

O desenvolvimento integral permite que os estudantes saibam explorar o próprio potencial. Certamente, isso só é possível se eles estiverem próximos de seus educadores, do currículo e da escola como um todo.

Por isso, uma função importante é auxiliar todo o corpo docente e intermediar qualquer conflito que possa surgir. Esses conflitos podem ser não só de natureza educacional, mas também física, intelectual, social, moral e política.

Manter boa relação com as famílias

Além da intermediação com os outros educadores, é fundamental que haja uma ponte com as famílias. Cabe ao orientador educacional aproximar os pais do processo educativo e da comunidade em que a escola está inserida.

Para isso, é necessário que haja respeito aos valores de cada família e aos seus direitos sobre a educação dos filhos. Em muitos casos, eles vão contra valores pessoais e até mesmo o que é aceito por boa parte da sociedade.

Parabéns, orientador educacional!

É preciso ter todas as atribuições citadas acima, para conseguir sanar as dificuldades e manter o bom padrão nos processos de ensino e aprendizagem. Haja jogo de cintura!

Então, é fundamental ter o apoio e a confiança de todos. Nós, do Grupo Lê, reconhecemos a importância de cada um que se dedica e se compromete com o futuro dos nossos jovens e crianças.

Por isso, deixamos aqui nosso agradecimento a você que atua como educador educacional. Entre em contato! Saiba que pode contar conosco sempre, principalmente na hora de selecionar o melhor da literatura para a sua escola.