Atividade inspirada no livro ‘Pocotó’ vira sucesso na rede

Livro Pocotó

Você sabe que a literatura pode levar a vários tipos de atividades criativas em sala de aula, não é? Hoje, você vai conhecer uma tarefa inspiradora que teve como ponto de partida o livro Pocotó, de Silvana Rando.

Uma das características mais marcantes da autora é seu estilo simples e sem rodeios. Isso pode ser percebido na autodescrição que ela escreveu no final da obra:

“Fiz este livro para todos os que gostam de cavalos e que acreditam em seus sonhos.” Mais direto, impossível!

O vocabulário do livro é adequado para crianças de seis e sete anos. Além disso, a simplicidade das imagens casam perfeitamente com o texto. Ainda assim, a linguagem usada em Pocotó margem a diversas leituras.

Do que trata o livro Pocotó?

Eu sei que você está achando que Pocotó é o nome do protagonista dessa história. Não é; seu verdadeiro nome é Trovão. emoji nuvem e raio

Trovão é menor do que os outros cavalos da região, mas é forte e corajoso. Entre outras funções, ele trabalha como entregador de mercadorias.

Menina dando banho, fazendo as unhas, dando mamadeira e arrumando a crina do cavalo. Página 18 do livro Pocotó.

Mesmo assim, o que ele quer mesmo é trabalhar na guarda real do palácio. Por isso, ele faz tentativas todos os anos. Mas o Rei Bigodudo nunca o elege. Um dia acontece o contrário e, entre tantos candidatos, Trovão é o único escolhido.

Estranho, né?

Acontece que ele não iria trabalhar na guarda real, mas sim ser o “pocotó” da Princesa Pipoca. Ou seja, um animal para a princesa montar, brincar e… fazer bobs na crina e no rabo!

Certa noite, um incêndio no palácio faz com que Trovão use todas as suas forças para quebrar a porta da baia onde dorme. Com isso, ele consegue salvar a princesa, o rei, a rainha e tudo mais o que pode.

A partir daí, Trovão, ou melhor, Pocotó, vira um herói daquele reino e acumula funções. Agora, ele ensina aos outros cavalos como proteger a família real.

Pocotó inspira crianças e faz sucesso nas redes sociais

Assim como Trovão, todos temos sonhos. Durante a infância, então, nem se fala! Afinal, nessa fase da vida, os sonhos andam de mãos dadas com nossa inocência e imaginação.

Alguns desses sonhos, como pedalar uma bicicleta de doces ou ser um dinossauro(!), são um pouco difíceis de alcançar. Outros são mais espontâneos e singelos, como ir a um spa com as amigas ou ter a família mais perto.

Não importa qual seja, todos os sonhos merecem respeito. Esses que eu citei acima vieram da cabeça de alunos de um colégio em Belo Horizonte, em uma atividade inspirada no livro Pocotó.

A lista com os sonhos desses alunos virou um cartaz que viralizou nas redes sociais. Isso gerou algumas reportagens sobre o assunto, como esta aqui, esta outra ou essa que vem logo abaixo.

Bárbara Lacorte foi uma das professoras que trabalharam com o livro em sala de aula. Segundo ela, o objetivo da atividade foi “trabalhar com as crianças a questão de não desistirem dos seus sonhos”.

A educadora contou ainda como ficou contente ao ver que a mensagem de pureza das crianças chegou a tantas pessoas em tão pouco tempo:

“A gente ficou muito entusiasmado de saber da repercussão, foi uma grande alegria como professora deles saber da mensagem positiva que eles conseguiram passar por aí.”

https://twitter.com/rafaelportugal/status/1437784215622492169?ref_src=twsrc%5Etfw%7Ctwcamp%5Etweetembed%7Ctwterm%5E1437784215622492169%7Ctwgr%5E%7Ctwcon%5Es1_&ref_url=https%3A%2F%2Fwww.em.com.br%2Fapp%2Fnoticia%2Fgerais%2F2021%2F09%2F15%2Finterna_gerais1305809%2Fcartaz-com-sonhos-de-criancas-de-bh-que-viralizou-partiu-de-leitura.shtml

Conheça Silvana Rando, autora do livro

O livro Pocotó não só foi escrito como também ilustrado por Silvana Rando. Aliás, os desenhos da autora já lhe renderam o prêmio Jabuti.

Também não é para menos; basta observar as imagens que ilustram esta postagem. As cores vivas e o traço simples de Silvana atingem em cheio o público. E olha que eu não estou falando somente das crianças!

Cavalo puxando caminhão, levando vaca e mostrando força. Página 7 do livro Pocotó

Fazer livros para o público infantil sempre foi o sonho da autora. Além de Pocotó, ela escreveu e ilustrou o belo e divertido Amigos, uma homenagem a todos os tipos de… bem, amigos.

O coelhinho Bibo está presente na alfabetização de várias crianças e pode ser encontrado no sítio, na praia e no mercado. São dela também as ilustrações de Abílio Basílio e seu fusqueta.

Você quer levar Pocotó para a sua casa, biblioteca ou escola? Quer conhecer mais livros igualmente capazes de encantar as crianças? Então, entre em contato. Juntos, vamos encontrar os melhores títulos para o que você deseja!